Centro Social do Carriço

Dados da associação
Nome: Centro Social do Carriço

O Centro Social do Carriço é uma IPSS – Instituição Particular de Solidariedade Social, que nasce de um Protocolo de colaboração, assinado a 17 de junho de 1998, entre a Junta de Freguesia do Carriço, a Câmara Municipal de Pombal e a Empresa Transgás – Sociedade Portuguesa de Gás Natural – S. A., a partir do qual se encetou uma ação de carácter social. Insere-se na zona rural do Carriço, sede de freguesia, Concelho de Pombal. Centraliza a sua intervenção aos habitantes desta freguesia, podendo também atuar sobre os habitantes das localidades circundantes, sempre que assim se justifique. Atualmente, a Sede do Centro Social do Carriço está situada na Rua do Centro Social n.º 46, no Carriço. No que concerne às suas infra-estruturas, são constituídas por cerca de 30 compartimentos, englobando a sala da direção, as salas para utentes, e ainda divisões tanto para arrumos como também para execução de serviços. São várias as atividades sociais que esta instituição desenvolve: Serviço de Apoio Domiciliário, Centro de Convívio, Centro de Dia, Creche, Escola de Natação para adultos, crianças e bebés. A Animação Sócio – Cultural, Serviço de informação e o Atendimento à População complementam as suas atividades.
A 11 de novembro de 1998, tomam posse os elementos signatários para a formação da Comissão Instaladora do Centro Social do Carriço, ficando como Presidente da Comissão Instaladora o sócio Manuel Gomes Jordão Carreira.
Em maio de 1999, iniciou-se a campanha de angariação de sócios, contando atualmente com cerca de 1500 sócios.
A 30 de março de 2000, foi publicado em Diário da Republica, sob o n.º 19-2-4869, o registo do Centro Social do Carriço como IPSS – Declaração de Utilidade Pública.
Foi a 18 de novembro de 2001 que se começou a edificar a atual infraestrutura, situada na Freguesia do Carriço.
Em 2011 atingiu a certificação do Sistemas da Gestão da Qualidade sob norma ISO 9001:2008 e Manuais Gestão Qualidade Respostas Sociais – Nível C pela segurança social.
Em 2017 iniciou-se a Construção da ERPI – Estrutura Residencial Para Idosos com a capacidade para 37 camas divididos em 16 quartos duplos e 5 individuais.